Jogar ou não jogar o buquê? Eis a questão! - Blog AboutLove

Jogar ou não jogar o buquê? Eis a questão!

Como uma boa tradição de casamento, a história de jogar o buquê envolve diversas histórias. Uma delas afirma que a prática surgiu em meados do século XIV e começou para substituir outro costume da época: as solteiras levavam um pedaço do vestido da noiva para atraírem sorte no amor e conseguirem casar logo em seguida. Isso mesmo! Já pensou no seu vestido todo cortado?! Ainda bem que evoluímos, hein! (Saiba aqui como escolher o buquê ideal)

Mas hoje esse momento de jogar o buquê ainda pode ser um tanto quanto constrangedor. Algumas solteiras simplesmente não querem participar da disputa e ficam super desconcertadas com a insistência de todos, inclusive da própria noiva. Por outro lado, algumas mulheres não se conformam em apenas participar da brincadeira. Acreditam tanto no simbolismo desse elemento de casamento que acabam exagerando na briga pelo buquê.

Tudo isso faz parte da diversão da festa e qualquer excesso pode ser relevado, claro. Mas para você que quer adaptar a tradição do buquê, com alguns elementos modernos e divertidos, e diminuir os riscos de uma possível “saia justa” , há diversas alternativas bacanas.

  • Baú do tesouro

Já que o buquê é tão cobiçado, nada mais natural do que proteger muito bem essa preciosidade, não é verdade?! A brincadeira consiste em colocar as flores em um baú transparente, trancado com um cadeado que só abre com a chave original. Porém, várias cópias falsas também são distribuídas entre a mulherada. A sortuda que abrir o baú leva o buquê sem nenhuma disputa, digamos, acalorada. Ah, é bom marcar, com um símbolo discreto (que só você e a cerimonialista possam identificar) a chave verdadeira para assegurar que ela seja entregue às participantes.

grey Jogar ou não jogar o buquê? Eis a questão!

Foto: via Clic RBS

  • Fitas da sorte

Há pelo menos duas maneiras de usar fitas de cetim nesse momento. Em uma delas, várias (coloridas ou na paleta de cores da sua preferência) são amarradas no talo das flores e cada ponta é entregue a uma mulher. Com uma tesoura e o buquê ao alto, a noiva vai cortando as tiras até sobrar apenas uma.

grey Jogar ou não jogar o buquê? Eis a questão!

Foto: via Boda e Estilo

Na outra opção, apenas uma das fitas é realmente presa ao buquê. As outras são apenas enganchadas de leve. Ao sinal do músico ou da própria noiva, todas participantes puxam as tiras. Logo todos saberão quem foi a felizarda que ficou com a fita bem amarradinha ao prêmio.

grey Jogar ou não jogar o buquê? Eis a questão!

Foto: via Flickr

  • Mini buquês

Quer dar aquela forcinha no amor a várias amigas e parentes? Divida seu arranjo em diversos mini-buquês.

grey Jogar ou não jogar o buquê? Eis a questão!

Foto: via Etsy

Se você quer guardar o seu buquê e mesmo assim ter esse momento de diversão, sem problemas. Tenha buquês alternativos, como esses da AboutLove.

grey Jogar ou não jogar o buquê? Eis a questão!

Delicado e charmoso! Confira esse buquê de corações em nossa loja virtual

  • Homenagem

Honrar alguém especial com as flores, como mãe, avó, sogra ou até o casal de convidados casados há mais tempo da festa (costume comum nos Estados Unidos) é outra alternativa simpática e muito emocionante.

Viu como sempre há um jeitinho de inovar sem eliminar totalmente a tradição?

 

Leia o post anterior:
noiva tapa olho de noivo antes do first look no casamento na praia
Que tal apostar no “First Look”?

O que a gente sempre escutou por aí foi: "o noivo não pode ver a noiva arrumada antes da entrada...

Fechar