Tendências, dicas, idéias e inspirações para casamento da AboutLove

Como escolher o vestido das bridesmaids

Bridesmaids, mademoiselles ou simplesmente amigas da noiva. Elas são as mulheres, solteiras ou casadas, mais especiais da vida da noiva (além da mãe, porque mãe é mãe né?!). Em tese, são aquelas que a noiva pode contar pro que der e vier, inclusive quando se trata dos mil e um preparativos do casamento. A tendência, que é uma graça, foi “importada” dos Estados Unidos e está cada vez mais presente nos casamentos brasileiros.

É um privilégio poder contar com essas amizades verdadeiras, principalmente nos momentos mais caóticos pré-casamento, mas um detalhe pode se tornar uma grande dor de cabeça se não for bem administrado: a escolha do vestido das bridesmaids.

As mulheres, (imagine suas amigas e mentalize as personalidades diferentes de cada uma!) certamente vão divergir quanto ao modelo, às cores e aos tecidos do vestido. Por isso, seja uma noiva flexível, mas focada, e siga esses passos para que seja um momento prazeroso.

grey Como escolher o vestido das bridesmaids

Foto: M2 via Style me Pretty

1. Pense nas suas amigas e não só no seu casamento

Não escolha uma tonalidade e um modelo de vestido apenas porque você quer, sem levar em consideração o gosto e o estilo da maioria das suas amigas (porque é impossível agradar todas) . Tente achar um “meio termo”, algo que não seja tão ousado, nem totalmente sem graça. Você não quer vê-las incomodadas e visivelmente infelizes no seu casamento, né?!

2.  Procure um modelo que as favoreça

Liste qual o tipo de corpo de cada uma das mademoiselles (retangular, violão, pera, etc.) e pesquise qual modelo de vestido cairia melhor para todas, se você resolver padronizá-lo. Vestidos evasê (com saia em formato de A) e cintura marcada logo baixo do seios (modelo império) favorecem boa parte das mulheres.

Se você desejar um vestido tomara que caia ou algum modelo que não possa ser usado com sutiã, por exemplo, analise se todas irão se sentir confortáveis.

Caso perceba que há uma confusão prestes a se instalar (ou prefira mesmo algo menos “igualzinho”), opte somente por uma cor específica e deixe a escolha do modelo a cargo de cada uma. É importante apenas deixar claro se os vestidos vão ser curtos ou longos.

3. Pense no pós-casamento

Não exija que suas amigas comprem ou mandem fazer um vestido que, com certeza, ficará mofando no guarda-roupa depois do casamento. Pense em uma peça que facilmente possa ser utilizada em outros eventos.  Para isso, todas precisam se sentir lindas e seguras com o look escolhido para seu casamento.

4. Cubra os custos excedentes

Como as braidesmaids são suas verdadeiras amigas, você provavelmente conhece a situação financeira de cada uma. Por isso, seja cuidadosa ao pedir determinado vestido. Se você se apaixonou por um modelo um pouco mais “salgado” e não abre mão dele, considere pagar uma parte dos custos.

5. Eleja uma amiga para cuidar do assunto com você

Não fique sozinha nessa tarefa de coordenação do look das bridesmaids. Eleja uma amiga, de preferência que curta a área de moda, para te ajudar a decidir os vestidos e acompanhar os ajustes que podem ser necessários. Ela ficará responsável por receber as dúvidas e as demandas mais simples de todas as outras.

É certo que as mademoiselles, como boas amigas que são, farão o possível para não desagradar a noiva. Só não pode exigir demais, né?!

Bolo: qual o melhor pro seu casamento?

O bolo de casamento é uma espécie de ícone da festa, tido também como símbolo de prosperidade. A mesa dele é a principal, pra onde se voltam todas as atenções e grande parte dos cliques. Já vi noiva optar por um casamento sem bolo, mas isso é uma exceção à regra. As noivas mais informais geralmente mantém a tradição, mas preferem modelos menores, mais simples ou menos “certinhos” aos mais sofisticados.

  • Bolo de casamento fake

Nos começo dos anos 2000, surgiu a moda dos bolos cenográficos ou bolos fakes. Eles são usados apenas para decorar a mesa. Os mais comuns têm uma estrutura interna feita de isopor e um acabamento elaborado com elementos de confeitaria mesmo, como a pasta italiana. As possibilidades de modelos e tamanhos são infinitas. Algumas noivas colocam a mão na massa e fazem o próprio bolo falso, outras optam por um aluguel em empresas especializadas no ramo. Entre as vantagens do bolo fake estão a economia e a durabilidade.

  • Bolo de casamento verdadeiro

Mas, cá entre nós, é tão bom ver um bolo de encher os olhos e poder de fato saboreá-lo, não é?!  Pode ser meio frustrante para alguns convidados saber que aquela obra de arte está ali apenas para decorar a mesa. Por isso, um bolo verdadeiro é sempre a melhor opção! Ainda segundo os ritos mais antigos, partir um bolo e distribuí-lo entre os convidados significa que todos irão compartilhar da sorte e da felicidade vivenciada pelos noivos. Os confeiteiros famosos também afirmam que é imprescindível ter um bolo verdadeiro em uma festa tão singular como o casamento.

  • Bolo de casamento misto

O que se tem feito bastante atualmente são os bolos mistos: parte de baixo verdadeira e parte de cima cenográfica. Isso também deixa um bolo de vários andares menos frágil. E, de fato, não há necessidade de se ter um monumento enorme totalmente comestível. Muita coisa acaba sendo desperdiçada. Por isso, o bolo misto é recomendado por muitos confeiteiros.

  • Naked cake

Acima de qualquer coisa, você deve procurar um bom profissional para fazer o bolo que você idealizou. Cada profissional tem técnicas e estilo próprios. Não é todo confeiteiro, por exemplo, que trabalha com o famoso naked cake (bolo pelado), bem comum nos casamentos atuais ao ar livre e pela manhã. Esse modelo, obviamente, precisa ser totalmente verdadeiro.

Mas não é só isso: há restrições quanto ao recheio e à massa. Nem todos os ingredientes podem ser usados, caso contrário há o risco do bolo desabar. Além disso, o naked cake precisa ser montado no local, minutos antes da festa começar. Dá um trabalho a mais, mas é de encher os olhos e de dar água na boca, não é?!

Antes de fechar com um cake designer, já tenha em mente o número de convidados do casamento, onde o bolo vai ficar (muito calor ou luz podem fazer certos ingredientes, como chantilly ou butter cream, derreterem) e o estilo da decoração.

No mais, lembre-se de comer um pedaço farto do seu próprio bolo no casamento. Você se arrependerá se não o fizer quando lembrar do seu dia especial e ver as fotos.

 

Convite: qual texto colocar? Quem convida?

É certo que a etapa de fazer o convite pode desencadear uma série de dúvidas e muitas divergências familiares. Uma das questões mais polêmicas é o texto falando sobre “quem convida” para o casamento. São os pais ou os noivos que estão convidando?

Bem, atualmente, com os casamentos e as famílias modernas, são várias as possibilidades. Todas corretas de acordo com os especialistas em etiqueta. Porém, vamos mais além aqui: quem disse que precisa ter o texto padrão de alguém convidando, né?! Hoje, cada um pode criar um jeito original de dizer: “venha comemorar nossa união com a gente”. Dá só uma olhada nesses modelos de convite bem despojados!

grey Convite: qual texto colocar? Quem convida?

Gosta do estilo lousa? Veja mais detalhes desse convite aqui!

grey Convite: qual texto colocar? Quem convida?

Adquira o convite “Me beija” na nossa loja online!

Gostamos da ideia de “imprimir” a história, o estilo e a vontade do casal nos convites da AboutLove ao invés de ver apenas certos protocolos e regras de etiqueta sendo seguidos às cegas. Os tempos mudaram, o contexto financeiro e social dos noivos também. As convenções tradicionais não ditam mais as regras da lista de convidados, composta basicamente por parentes e amigos de círculos próximos ao casal. Com certeza, essas pessoas queridas vão adorar receber um convite que represente, de fato, a personalidade dos noivos, independentemente de estar de acordo com o que é tido como certo ou errado.

O bonito mesmo é encontrar uma maneira de convidar que combine com você e seu casamento. E ah, uma franca conversa com as famílias (principalmente aquelas que ainda são muito ligadas à tradição) pode evitar dores de cabeça e mal entendidos em relação ao convites.

grey Convite: qual texto colocar? Quem convida?

“Convite Margarida” para noivas românticas e delicadas. Compre aqui!

Se você optar pelo texto mais padrão, aqui vão algumas dicas:

  • Pais convidam

Antigamente, quem fazia e pagava a festa era a família dos noivos. Por isso, a tradição de ter os nomes dos pais e das mães convidando para a união dos filhos. Isso ainda é mantido em alguns convites atuais, principalmente nos casamentos mais clássicos. Mas, hoje, diferentemente do que acontecia no passado, o casal deve optar por esse modelo de texto por uma questão de gosto pessoal e não por conta de responsabilidades financeiras em relação à festa. O convite não deve expressar quem está bancando o evento. Esse não é o propósito, né?!

Nesse caso, o texto padrão segue basicamente a estrutura desse convite:

grey Convite: qual texto colocar? Quem convida?

Convide com elegância. Adquira esse modelo na nossa loja online!

  • Noivos Convidam
grey Convite: qual texto colocar? Quem convida?

Modelo que combina com seu casamento rústico. Veja aqui!

Os noivos atualmente são casais independentes, modernos e querem ser o protagonistas na hora de convidar os amigos e parentes. O nome dos pais podem ser excluídos (certifique-se que isso não é tão importante para eles), estar implícitos ou aparecer depois de expressões como “Juntamente com seus pais”, “e seus pais”, “com as bençãos dos seus pais”. Veja alguns exemplos:

grey Convite: qual texto colocar? Quem convida?

Vai casar de dia? Confira os detalhes desse convite na nossa loja.

grey Convite: qual texto colocar? Quem convida?

O Bela Manhã conquista o coração das noivas mais românticas. Adquira esse convite na nossa loja online.

É válido ressaltar que incluir o nome dos pais é uma das formas de demonstrar amor e carinho por eles nesse momento especial.

  • Outros casos

Há casos em que os noivos possuem “pai ou mãe de coração” (padrasto, madrasta, tio, avó) e querem que o nome dele ou dela apareça também no convite, além dos nomes dos pais biológicos. Uma forma usual é colocá-lo logo abaixo dos outros citados. No caso da madrasta da noiva, por exemplo, o texto padrão poderia ficar assim:

Nome dos pais da noiva  & Nome dos pais da noivo

Nome da madrasta da noiva (por exemplo)

…convidam para a cerimônia de casamento de seus filhos

Nome da Noiva & Nome do Noivo

Outra opção é usar o “juntamente com” para homenagear essa terceira pessoa.

Quando um dos familiares é falecido, pode-se colocar ao lado do nome a expressão in memoriam (do latim “em lembrança de”). Em convites mais despojados, também são usados termos como “sempre presente”, “em nossos corações”, “em memória” ou simplesmente um desenho de coração (♥), sempre ao lado do nome de quem já partiu.

grey Convite: qual texto colocar? Quem convida?

Flor de Lis para combinar com a delicadeza do seu casamento. Compre aqui!

Independentemente de qualquer coisa, sempre tenha em mente: o texto do convite precisa vir do coração. Coloque os nomes e as expressões que fazem sentido pro seu contexto e seja muito mais feliz e coerente!