Pets no casamento: dicas e cuidados - Blog AboutLove

Pets no casamento: dicas e cuidados

Você já deve ter visto algumas fotos de noivado ou ensaio pré-wedding com uns convidados literalmente animais, não?!

Com a modernização e a tendência mais informal das cerimônias, os bichos de estimação também começaram a fazer parte da própria celebração de casamento. Se esses animais são considerados membros da família e sempre estão ali pro que der e vier, parece até natural querer incluí-los nesse momento tão especial, né?! A participação de cachorros nos casamentos é a mais comum. Os gatos, por serem um tanto quanto arredios, são raros nas cerimônias, mas não deixam de aparecer nas fotos posadas. Também há outros animais “casamenteiros” como os coelhos que podem ser levados até o altar dentro de uma bolsa ou cestinha. Olha só que excesso de fofura!

grey Pets no casamento: dicas e cuidados

Foto: via BuzzFeed

grey Pets no casamento: dicas e cuidados

Foto: via BuzzFeed

Colocar os pets como uma espécie de “pajens ou daminhas”, levando placas e até as alianças é uma das maneiras de deixá-los participar do seu grande dia. Os cachorros, por exemplo, podem entrar pelo corredor sozinhos (claro, se forem bem treinados e atentarem para os chamados dos noivos) ou ser levados por alguém. Carrinhos de mão decorados também dão um charme à essa entrada diferente.

Se você é daquelas que não desgruda do seu pet e faz questão da presença dele no casamento, atente para os seguintes pontos:

  • Verifique o espaço: veja se o local do evento permite a presença de animais e quais as restrições impostas. Além disso, tenha certeza que o espaço não oferece perigo aos bichos, que podem comer plantas venenosas, se enganchar ou se ferir em algum elemento natural, por exemplo.
  • Prepare seu pet: Banho, tosa, anti pulgas e anti carrapatos são imprescindíveis. Além disso, é recomendável treiná-lo com um profissional por alguns dias antes do evento. Quando o assunto é visual, deixe seu animal de estimação com um look apropriado para a ocasião. Vestidos, gravatas e coroas de flores, combinando com o estilo do casamento, são algumas ideias para embelezar os anjos de patas.
  • Seja flexível: uma vez que você decide ter a participação do seu fiel companheiro no casamento, esteja preparada para ser flexível. Os animais podem reagir de maneiras imprevisíveis em alguns casos de estresse e não se pode forçar um determinado comportamento. Tenha um plano B em mente caso ele vá exercer um papel fundamental, como levar as alianças até os noivos.
  • Tenha um responsável pelo animal, de preferência um treinador profissional: alguém deve estar atento ao comportamento do pet, tanto para garantir a saúde e o bem-estar dele, quanto para manter a organização da celebração. Um treinador profissional saberá como acalmá-lo, caso seja necessário diante de uma multidão de pessoas, ou incentivá-lo a fazer determinada ação.
  • Poupe os pets da festa: é muito barulho, muita movimentação para eles. Quando a cerimônia terminar e as fotos forem tiradas, peça para que os animais sejam levados para um lugar tranquilo e familiar.

Os pets sempre são uma atração à parte no casamento, por isso prepare-se também para dividir a atenção e os olhares de todos com essas fofuras!

 

Leia o post anterior:
violino para música de casamento
A escolha das músicas ideais

Toda história de amor tem uma trilha sonora, não é verdade? É impressionante como as músicas trazem à tona sentimentos...

Fechar